Como trocar tomada de 110V para 220V

O que é Diferença Potencial

Quer saber como transformar uma tomada de 110V para 220V e vice-versa? Quer saber o que é uma D.D.P? Quer aprender a evitar a queima de aparelhos elétricos por erro na escolha de tomada 110V ou 220V? Neste artigo iremos te ajudar a resolver estas questões.

Provavelmente se você clicou neste post é porque tem interesse em saber como converter uma tomada 110V para 220V ou vise-versa. Antes de entrarmos na parte técnica da coisa vamos entender um pouquinho de elétrica teórica. Aí você diz, “cara eu só quero aprender o que fazer com a tomada que está queimando meus aparelhos”, sim por isso mesmo que você tem que saber sobre D.D.P ou diferença de potencial. A voltagem elétrica é também denominada de diferença de potencial.

Você sabia?

Uma faísca de relâmpago pode conter uma D.D.P de até 100.000.000 Volts?

Bom deixa estas curiosidades de lado, e vamos ao que interessa. Tocamos na questão de voltagem elétrica porque é exatamente isso você vai encontrar nas tomadas de sua casa sendo 110V ou 220V se estas estiverem em condições normais de funcionamento. Então você deve estar pensando, “entendi, mas então a voltagem elétrica é diferente? Já que tem tomadas diferentes. ” Sim!  Em nossas casas podemos ter tensões 120V e 220V, no primeiro caso que é o mais comum se trata de um sistema a 2 fios ou seja fase e neutro ou também dizemos monofásico por óbvio. 

No segundo caso pode ser a 2 ou 3 fios fases mais 1 neutro, sendo com 2 fios chamado de bifásico e 3 fios trifásico. Mas porque preciso saber isso, por uma simples razão, como você já pode ter observado podemos converter todos os sistemas em 120 volts usando a instalação disponível, mas não podemos converter todos os sistemas em 220V sem a adição de transformador. O motivo da voltagem elétrica não ser padrão em todo o pais se deve ao fato que quando começou o processo de eletrificação no Brasil, cada lugar foi feito por uma companhia estrangeira diferente americanas (110v) e europeias (220V).

Como saber a voltagem é que existe na tomada de sua casa?

Para conhecer a voltagem na tomada é muito simples quando o medidor é o modelo monofásico em que o ramal de entrada só tem dois fios, neste caso podemos afirmar que as tomadas são 110V, porem quando o ramal é de 3 ou 4 fios então estas podem ser 110V ou 220V. Sendo assim precisamos de um aparelho que meça a D.D.P, este aparelho chama se Voltímetro.

Com o voltímetro na escala de 750V em tensão alternada (~) coloca se uma ponta de prova em um dos furos e a outra ponta em outro furo da tomada e o valor aparecera no visor no caso de voltímetro digital, nos casos do analógico o ponteiro se moverá até a tensão presente na tomada 110V ou 220V.

Bom você mediu e constatou que embora a residência possua o sistema bifásico ou trifásico a referida tomada só aparece 110V. Calma ainda não podemos dizer que esta é 110V, pois existe a possibilidade de o disjuntor bipolar estar com um dos polos abertos interrompendo uma das fazes, faça o processo de medição anterior na saída dos disjuntores, ai você diz, mas o disjuntor não é bipolar é monopolar, bom neste caso concluímos que a tomada é uma de 110V.

Mas e agora como trocar tomada de 110V para 220V?

Antes de descrever o passo-a-passo de como proceder para transformar uma tomada de 110V para 220V, devemos saber que a mudança não de tensão não produzirá redução no consumo de energia, pois a concessionária (Copel) não nos cobra baseado na tensão, mas sim pela soma das potencias (Watts) consumida de nossos aparelhos, também conhecida no produto da tensão pela corrente elétrica, mas isso abortaremos em outro momento.

Vamos para o Passo a Passo de como trocar a tomada de 110V para 220V

Ferramentas necessárias para trocar tomada de 110V para 220V: 

  • 01 chave de fenda
  • 01 chave Philips
  • 01 multímetro ou chave de teste
  • 01 alicate de corte
  • 01 alicate decapador

Quero transformar a tomada de 110V para 220V

  1. Desligue o disjuntor geral no quadro de disjuntores (QD) ou no medidor;
  2. No (QD) troque o disjuntor monopolar (1 fio) por um bipolar (2 fios);
  3. No QD ligue o fio retirado do disjuntor monopolar (Fase 1) no disjuntor bipolar;
  4. Desconecte o fio neutro do barramento de neutro (geralmente fio azul);
  5. Ligue este fio no segundo polo do disjuntor (fase 2);
  6. Proceda a verificação com o voltímetro se a voltagem está correta;

Pronto sua tomada de 220 volts já está ligada, acione os disjuntores e aproveite os benefícios que está maior fonte de voltagem pode lhe proporcionar.

Quero transformar a tomada de 220V para 110 V

  1. Desligue o disjuntor geral no quadro de disjuntores (QD) ou no medidor;
  2. No (QD) troque o disjuntor bipolar (2 fios) por um monopolar (1 fio);
  3. No QD ligue um fio retirado do disjuntor bipolar (Fase 1) no disjuntor monopolar;
  4. O segundo fio (fase 2) ligue o no barramento de neutro, agora este será o neutro.
  5. Na tomada com o multímetro veja qual é o neutro e ligue nele.
  6. Proceda a verificação com o voltímetro se a voltagem está correta;

Pronto sua tomada de 110 volts já está ligada, acione os disjuntores e aproveite os benefícios que está menor fonte de voltagem pode lhe proporcionar.

Em ambos os casos de acordo a NBR 5410 é fundamental o aterramento adequado.

Para saber qual é o neutro na tomada é muito simples. Com um voltímetro ou multímetro selecione a escala de voltagem alternada adequada, sempre uma voltagem maior que a voltagem esperada (sugerimos 750 V). Encoste a ponta de prova (vermelha) na parte descascada de um dos fios e a outra ponta de prova (preta) uma estrutura metálica qualquer. Anote o valor encontrado e repita o processo com o outro fio.

Resultado que esperamos:

No visor se aparecer tensões mesmo que pequeno tipo 15 volts estamos com a ponta de prova vermelha em uma fase. Fazendo com o outro fio devemos ter tensões zero no máximo 2 volts.

A Better Home Construtora em Curitiba possui know-how pra atuar nas mais diversas necessidades quando o assunto é alvenaria, pedreiro entre outros. Temos foco na segurança, praticidade, limpeza e qualidade, os profissionais  estão aptos a executar serviços de reformas em geral. Incluindo demolição, instalação de portas e janelas, acabamento, construção de muros e paredes, vs de iniciar a obra. 

Visite nossa Página

Fique por dentro de nossas novidades: